Policial

19/06/2018

Assaltante Papagaio é investigado por ataque a carro-forte três meses depois de fugir do semiaberto

Mandado de prisão foi expedido há cerca de dez dias contra o assaltante

Assaltante Papagaio é investigado por ataque a carro-forte três meses depois de fugir do semiaberto Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Criminosos atiraram com metralhadora .50 contra o blindado Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Um dos mais conhecidos assaltantes de bancos no Rio Grande do Sul, Cláudio Adriano Ribeiro, conhecido como Papagaio, é apontado como participante de um ataque a carro-forte em Bento Gonçalves, no mês de fevereiro. Papagaio também ficou conhecido por ser o primeiro preso a fugir da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). Ele foi beneficiado com progressão de regime em setembro e fugiu em dezembro.

Um mandado de prisão preventiva contra o foragido foi expedido há cerca de dez dias pela Justiça. Os indícios da participação de Papagaio no ataque surgiram a partir de depoimento dos presos no local do crime e também de testemunhas do assalto.

Três suspeitos foram presos em flagrante e na cena do crime. Logo depois, durante um cerco das autoridades policiais, um quarto envolvido foi detido em um matagal, na região de Bento Gonçalves. Depois disso, outros dois homens foram presos — um deles após ser confirmado que Papagaio teria dado suporte ao grupo na preparação do assalto ao carro-forte.

O delegado João Paulo de Abreu, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) ainda busca indícios para comprovar a participação do assaltante, inclusive no local do crime.

— Estamos apurando e temos várias convicções de que ele inclusive esteve na cena do crime — afirmou Abreu.

Da mesma forma, o despacho judicial que decretou a prisão de Papagaio cita o assaltante como um integrante do grupo que interceptou o carro-forte.

"As investigações documentadas no expediente levaram à identificação de Cláudio Adriano Ribeiro como sendo um dos integrantes do grupo que interceptou o veículo da empresa vítima, reconhecido pelos funcionários em sede policial, podendo ser um dos mentores da organização da ação delitiva" escreveu a juíza Eveline Radaelli Buffon.

O Deic busca provas do envolvimento de Papagaio desde as primeiras ações sobre o caso e fez várias buscas na tentativa de encontrar o suspeito. Um dos presos pelo ataque ao carro-forte, em depoimento, também contou aos agentes que Papagaio foi um dos responsáveis por unir o grupo e por ser um dos líderes dos assaltantes.

O assalto chamou atenção das autoridades por resultar na primeira apreensão de uma metralhadora .50 no Estado. A arma é capaz de derrubar aeronaves e perfurar blindados. Abreu ressalta que qualquer informação sobre o paradeiro do foragido pode ser repassada de forma anônima pelo telefone 0800 510 2828.

Arma é capaz de derrubar aeronaves e perfurar blindados Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Progressão de regime

Quando Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, foi beneficiado com progressão de regime, a Vara de Execuções Criminais afirmou que considerou parecer favorável do Ministério Público. O órgão, por sua vez, citou que desde o dia 9 de setembro o assaltante possuía o direito de progredir de regime. Além do bom comportamento, foi considerada uma avaliação psicossocial que não contraindica a progressão da pena.

Papagaio soma mais de 55 anos de prisão por assaltos a bancos e carros fortes. Dentro da cadeia, foram descontados 922 dias da pena por atividades realizadas dentro da prisão, como a leitura de livros. Com isso, o total da pena reduziu para 53 anos e 1 mês.

zol - zpapagaio ao ser preso, em 2006 - papagaio - fuga - 21102007
Foto: Ronaldo bernardi - Banco de Dados 30

Contrapontos

A advogada de Papagaio, Daiane Conceição Vidor, afirma que não tem notícias do cliente desde dezembro, quando ele deixou o Patronato Lima Drummond, em Porto Alegre. Ela ainda afirma que soube através da reportagem do novo mandado de prisão, e que não tem conhecimento sobre o envolvimento dele com o caso.

Fonte: Pioneiro

Esportes - Grêmio

19/06/2018

Grêmio sonda Pedro Rocha na Rússia

Atacante teria enfrentado dificuldades na primeira temporada no Spartak Moscou

Grêmio sonda Pedro Rocha na Rússia  ¦ Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Grêmio sonda Pedro Rocha na Rússia ¦ Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Por enquanto não passa de uma sondagem, mas o Grêmio buscou informações a respeito da situação do atacante Pedro Rocha na Rússia. O atleta teve dificuldades de adaptação em sua primeira temporada no Spartak Moscou e estaria avaliando um retorno ao futebol brasileiro. O problema é que o clube russo pagou cerca de 12 milhões de euros pelo atacante no ano passado e gostaria de aproveitá-lo melhor na próxima temporada europeia.

O Cruzeiro também manifestou interesse em repatriar Pedro Rocha, destaque do Grêmio na conquista da Copa do Brasil de 2016. Outro ex-jogador do Grêmio que deseja voltar ao mercado brasileiro é o centroavante Lucas Barrios. O jogador rescindiu o contrato com o Argentinos Juniors e está liberado para procurar um novo clube.

Hoje, o meia Douglas vai se reapresentar juntamente com o grupo de transição para seguir sua recuperação de duas cirurgias no joelho esquerdo. O jogador poderá ser utilizado na partida válida pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, no próximo dia 26, contra a Chapecoense, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Na semana passada, Douglas já participou de um coletivo com a equipe de transição e teve um rendimento considerado satisfatório.

A direção deve aguardar o retorno das férias, no dia 25, para intensificar a busca por reforços, principalmente para a Libertadores. Nas oitavas de final, o clube pode fazer três alterações na lista de inscritos.

Fonte: Correio do Povo

Esportes - Inter

19/06/2018

Inter mira contratações de volante e meia para retorno do Brasileirão

Bom começo de competição fez clube repensar objetivos na temporada

Inter mira contratações de volante e meia para retorno do Brasileirão   ¦ Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Inter mira contratações de volante e meia para retorno do Brasileirão ¦ Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Apenas um terço do Campeonato Brasileiro foi disputado. E, após um começo claudicante, o time colorado aprumou-se e, baseado principalmente sobre uma defesa forte, passou a somar pontos. Até a parada para a Copa do Mundo, amealhou 22, que é praticamente metade do que um time precisa para livrar-se matematicamente do risco do rebaixamento. Por isso, agora, os objetivos foram majorados. A competição do Inter mudou. Agora, o time colorado sonha com outros objetivos, e é por isso que buscará reforços antes do reinício do Brasileirão, na segunda quinzena de julho. A meta é trazer um volante e um meia, preferencialmente do Exterior.

Um nome que está sendo analisado é o de Rômulo, que tem contrato com o Hellas Verona, da Itália, até 2019. Aos 31 anos, ele pode ser uma alternativa para o caso de o Inter vender Rodrigo Dourado. Rômulo também pode atuar na lateral direita.

Os dirigentes colorados, por outro lado, também aproveitam o período de férias dos jogadores para encaminhar outras negociações. A compra dos direitos de Edenilson, que pertencem à Udinese, está sendo realizada. Atualmente, o contrato do volante com o Inter vale até o final deste mês.

Rithely também terá a sua contratação confirmada em breve. Ele desembarcou em Porto Alegre em abril para assinar contrato com o Inter. Porém, ele teve que submeter-se a uma cirurgia tornozelo esquerdo, que o afastou dos campos por três meses. Rithely deve começar a treinar com o resto do grupo em julho, mas o Inter tem até setembro para definir a contratação.

Fonte: Correio do Povo

Esportes - Seleção Brasileira

19/06/2018

Familiares ajudam na recuperação do tropeço da Seleção

Tite liberou entrada de parentes no treinamento dessa segunda

Familiares ajudam na recuperação do tropeço da Seleção  ¦ Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação / CP

Familiares ajudam na recuperação do tropeço da Seleção ¦ Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação / CP

A família como aliada. Tite liberou a entrada de familiares dos jogadores no treinamento dessa segunda-feira na cidade de Sochi, base da Seleção Brasileira na Rússia. Filhos de alguns atletas entraram no gramado para interagir com os pais. O resultado inesperado diante da Suíça trouxe um peso extra e até mesmo um sentimento de frustração ao ambiente da Seleção Brasileira. Os jogadores que atuaram no domingo realizaram apenas trabalhos regenerativos ontem. Neymar, Thiago Silva e Paulinho ficaram na academia, mas nenhum deles preocupa para o segundo compromisso na Copa.

Os reservas foram bastante exigidos e no final da atividade realizaram um trabalho específico de finalizações. Especula-se que o empate com a Suíça na estreia do Mundial fez com que a comissão técnica alterasse a programação da Seleção no dia de ontem. A informação não foi confirmada pela assessoria de imprensa, mas o técnico Tite tinha a intenção de dar uma folga aos jogadores até hoje. Com o resultado, os titulares também foram para o treino e só depois o grupo foi liberado, devendo se reapresentar até o meio-dia de hoje (no horário da Rússia).

A Seleção Brasileira treina nesta terça e quarta-feira em Sochi e depois parte rumo a São Petersburgo, local do confronto com a Costa Rica. O Brasil vai jogar no Krestovsky Stadium, com capacidade para 64 mil torcedores. O estádio foi inaugurado para a Copa e é a nova casa do Zenit, um dos grandes clubes da Rússia. São Petersburgo é a segunda cidade mais populosa do país, com cerca de 5 milhões de habitantes. 

Fonte: Correio do Povo

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


Vilson Paim

Estampa Gaúcha

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Gusttavo Lima

Apelido Carinhoso

02.

Zé Neto e Cristiano

Largado ás Traças

03.

Henrique e Juliano

Mais Amor e Menos Drama

04.

Marília Mendonça Part. Bruno e Marrone

Transplante

05.

Luan Santana

2050

Anunciantes